quinta-feira, 12 de novembro de 2015

Aprovados Questionário e Metodologia de Pesquisa da CNTA-Afins para Aferir Situação de Saúde dos Trabalhadores no Setor do Arroz


Em Reunião na Sala de Apoio em Porto Alegre na tarde de ontem para definir o Sindicatos da alimentação das cidades de Alegrete, Pelotas, Camaquã, São Gabriel, Dom Pedrito  e Bagé para definir o questionário e metodologia de pesquisa que visa produzir  um Diagnóstico Integrado de Gestão da Saúde dos trabalhadores dos Engenhos de Arroz- DIGA .

Essa pesquisa parte da necessidade de verificar entre os trabalhadores da Alimentação no setor do arroz, as condições do meio ambiente de trabalho e seus impactos na saúde de quem trabalha, não só para compreender as condições desses trabalhadores, como também para enfrentar eventuais causas  de  acidentes de trabalho, que têm elevado índice de incidência nessa categoria.

Sabemos que entre os trabalhadores do arroz a incidência de acidentes supera as taxas de doenças ocupacionais, neste sentido é necessário reduzir a exposição a riscos visando melhorar as condições de trabalho e a preservação da integridade física de quem trabalha.

Portanto, a pesquisa é o instrumento para que o Sindicato se aproprie situação dos trabalhadores em cada localidade, identificando os fatores que cotidianamente atentam contra a saúde dos mesmos.

O objetivo da reunião foi preparar os diretores dos sindicatos para o desenvolvimento da pesquisa,definindo-se também as datas e locais da coleta de dados.

A pesquisa se inicia em Pelotas e terminará em Bagé, sendo parte de sua realização a promoção de seminários e audiências públicas. 



A Pesquisa DIGA dá corpo a um movimento de que busca a mudança de processos de trabalho potencialmente lesivos para a saúde dos trabalhadores dos engenhos de arroz, tendo em vista que para nós a eliminação ou a redução da exposição a fatores de risco, a garantia de um meio ambiente de trabalho seguro, a promoção e proteção da saúde dos trabalhadores são um imperativo ético e político pois viver bem e com qualidade de vida é um direito de todos.

terça-feira, 3 de novembro de 2015

REUNIÃO REALIZA AVALIAÇÃO DAS NEGOCIAÇÕES DE 2015 E FAZ IMPORTANTES INDICATIVOS 2016

               
O Grupo de Sindicatos filiados a Confederação dos Nacional Trabalhadores nas Industrias da Alimentação(CNTA)/Sala de Apoio RS, e a direção da Federação dos Trabalhadores nas Industrias e Cooperativas da Alimentação RS se reuniu na última sexta feira para, dentre outros assuntos realizar a Avaliação das negociações 2015/2016.

A reunião contou com a presença de mais de 20 pessoas e foi iniciada com Exposição do Prof. Dr. Paulo Albuquerque, que trouxe a importante discussão de promover a realização de pesquisa entre os/as  trabalhadores/as do setor do Arroz, visando aferir as condições de saúde dos mesmos a partir da aplicação do Diagnóstico Integrado de Gestão da Saúde nos Engenhos de Arroz.

A pesquisa contará com uma amostragem de 1.000 (mil)questionários que serão aplicados em empresas de pequeno e grande porte. Os resultados serão objeto de seminários regionalizados e audiências públicas.

Nesta reunião foram definidas a operacionalidade, custos e as condições de realização da pesquisa, tendo sido definida a data de 11/11/15 para realização de outra reunião onde será discutido o instrumento do questionário e a logística de realização da pesquisa, uma vez que a previsão é de que a aplicação dos questionários seja iniciada no próximo dia 16 de novembro.

Seguindo a Reunião, pautou-se a realização do Torneio de Integração dos/ das Trabalhadores/as das indústrias de alimentação para 2016. Este é um momento importante de confraternização e encontro tanto para os trabalhares como para os Sindicatos pois dialoga diretamente com a campanha salarial.


 A  reunião aprovou a realização do torneio em Passo Fundo em 12 de março de 2016, bem como a comissão organizadora e as modalidades esportivas em que os trabalhadores poderão concorrer.

Também foi pauta da reunião a realização de Seminário Preparatório da  Negociação Coletiva e Campanha Salarial para o próximo ano.  a proposta é realizar o seminário com o DIEESE no dia 22 de janeiro de 2016. Todos os presentes destacaram a importância do seminário preparatório para subsidiar, e consequentemente garantir o sucesso das negociações da categoria.

Por fim, pautou-se a Avaliação das negociações realizadas este ano, sendo unânime a opinião de que, mesmo no contexto de crise e várias instabilidade políticas e econômicas pelas quais passam o país e o Rio Grande do Sul, foram positivas as conquistas das negociações, desde os índices alcançados (alguns inclusive acima do piso regional) até outros direitos a exemplo do pagamento de insalubridade .

Foi ressaltado o espírito de luta e capacidade de mobilização do grupo que possibilitaram o sucesso da campanha salarial deste ano resultando em boas negociações  á exemplo do Acordo com o frigorífico MARFRIG, e as convenções do Óleo e do Arroz. Destacou-se ainda que a mobilização abriu a possibilidade de negociação com a Empresa de conservas Ritter que há oito anos não tinha nenhuma convenção, neste caso considera-se uma vitória da mobilização o fato de o sindicato patronal pedir prazo para a apresentação de uma proposta.

O balanço geral é de que com bons elementos para subsidiar a pauta de negociação e com mobilização é possível garantir boas negociações meso em um cenário político e econômico desfavorável. Daí a importância das ações definidas nessa reunião que ajustam as perspectivas da categoria para o calendário de lutas de 2016.




quinta-feira, 1 de outubro de 2015

NOTA DE PESAR E HOMENAGEM AO COMPANHEIRO CLAUDIO HOHER


Prezados Senhores (as),


É com muito pesar que informamos o falecimento do companheiro Claudio Hoher, ex presidente do  Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias da Alimentação de Santa Maria -RS. O companheiro faleceu no dia de ontem e  sepultado esta manhã, ás 10:00 hs no Cemitério Ecumênico Municipal  da cidade de Santa Maria.

O companheiro Cláudio Hoher sempre foi um grande militante de nossas lutas e parceiro convicto da CNTA- Afins. Diante disto, prestamos nossas homenagens de pesar a todos os seus familiares e amigos.




quarta-feira, 16 de setembro de 2015

Semana Dedicada á Força Tarefa do MPT que Inspeciona os Frigoríficos no RS

Começou ontem (15/09/2015) e vai até sexta (18/09/2015) as atividades da força tarefa do MTE, que investiga, em 2015, o meio ambiente do trabalho em frigoríficos gaúchos, na cidade de  em Erechim, RS. A operação conta com o apoio CNTA, que por intermédio de seu diretor Darci Pires da Rocha está acompanhando todas as atividades.


Na manhã de ontem, a operação foi realizada no Frigorífico Aurora (suínos), em Erechim. hoje iniciou outra operação no Frigorífico Apebrun (bovinos), em Vacaria.

A força tarefa fiscaliza a implantação pelas empresas das normas contidas na  “NR 36 (Norma Regulamentadora 36)”, que foi publicada em abril de 2013 e estabelece requisitos mínimos para segurança na indústria de abate e processamento de carnes e derivados.

Para novembro  o MPT no Rio Grande do Sul tem reunião marcada para avaliar o trabalho que  vem sendo feito até agora.

terça-feira, 15 de setembro de 2015

Toma Posse Nova Diretoria do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias da Alimentação de Estrala em Região

                
                     No último sábado, dia 12/09/15, ocorreu a da solenidade de posse da Diretoria do S.T.I. Alimentação de Estrela e Região na cidade de Teutônia.





                    A cerimônia de posse da nova diretoria contou com a presença do coordenador político da sala de apoio da CNTA para a região sul, Sr. Darci Rocha, além de representantes sindicais da alimentação de todo o estado.





              Na ocasião foi reconduzido para mais um mandato de Presidente o companheiro Pedro Malmann.



               A CNTA-SUL deseja muito sucesso á nova diretoria para que  as metas traçadas pelos companheiros sejam todas alcançadas êxito. Boa luta a todos.

Dia de Protestos na Cooperativa Arrozeira Extremo Sul

  
             No ultimo dia 11 de setembro, trabalhadores da Cooperativa Arrozeira Extremo Sul, amanheceram na porta da Empresa e realizaram um dia de protestos.





      Os trabalhadores fixaram várias faixas com reivindicações e paralisaram suas atividades visando a negociação coletiva, uma vez que as entidades patronais estão apresentando proposta de reajuste de 0,74% e a proposta dos trabalhadores de recomposição dos trabalhadores  é de 11,76% .



        As atividades na Arrozeira Extremo Sul, são parte Campanha Salarial da Alimentação 2015 e contou  com o apoio de diversos sindicatos e CNTA.

TORNEIO DE TRUCO DE TRIO foi a boa pedida para o Feriadão dos trabalhadores da Alimentação em Alegrete.

                No último dia 08 de setembro, um sábado de confraternização entre os trabalhadores da alimentação de Alegrete, foi realizado o 2º TORNEIO DE TRUCO DE TRIO.



               O torneio contou com a participação de 6 trios, quais sejam : TRIO DE OURO, TRIO PARADA DURA, TRIO OS PAMPEANOS, TRIO SEM NOME, TRIO BR E TRIO ENCIMA DA HORA.

                   
           

        A competição teve a seguinte finalização:

              1º LUGAR: TRIO ENCIMA DA HORA

              2º LUGAR : TRIO OS PAMPEANOS

              3º LUGAR: TRIO BR

              4º LUGAR: TRIO PARADA DURA.



                        A Diretoria do STIA de Alegrete parabenizou a todos os participantes ressaltando o respeito e amizade, pois o que vale  realmente é a integração entre os trabalhadores e esta também é uma função do Sindicato.

segunda-feira, 31 de agosto de 2015

FINALIZADA NEGOCIAÇÃO COLETIVA COM O SETOR DE LATICÍNIOS E DERIVADOS




             Na última sexta-feira, dia 28/08/15 chegou ao fim a negociação coletiva do setor de laticínios e derivados, formalizada entre os Sindicatos do Trabalhadores na Indústria da Alimentação das cidades de Pelotas, São Gabriel, Passo Fundo, Camaquã, Estrela, Ijuí e da Panificação de Porto Alegre, com o Sindicato Patronal das Indústrias de Laticínios e Derivados representado pelo Dr. Felipe Serra.


             A reunião ocorreu na sala de apoio da CTA-Afins em Porto Alegre e  acordou que o reajuste salarial das datas base de maio/2015 e junho/2015 será de 9,84% (nove vírgula oitenta e quatro por cento).

            Diante desta negociação o piso normativo da categoria passa a ser de R$ 1.153,00 (hum mil cento e cinquenta e três reais).

            A negociação também ajustou a concessão de auxílio escolar para os trabalhadores da categoria no valor de R$ 485,00 (quatrocentos e oitenta e cinco reais).

        Conforme o § 1º do art. 614 da CLT, a negociação vale a partir desta terça-feira, dia primeiro de setembro.

quarta-feira, 26 de agosto de 2015

TRABALHADORES E TRABALHADORAS DA JBS, EM PASSO FUNDO, CRUZAM OS BRAÇOS EM DEFESA DE SEUS DIREITOS


                           

                 Trabalhadores e Trabalhadoras da JBS Friboi de Passo Fundo paralisaram suas atividades desde a tarde de ontem. Em Assembleia optaram por paralisar por duas horas a cada turno, e permanecerão em estado de greve até que a empresa reveja sua postura diante da negociação.

              Os trabalhadores estão em negociações do reajuste salarial há 3 meses e  o impasse se dá em razão dos percentuais oferecidos pela empresa, que não atendem á proposta do sindicato.

        A empresa ofereceu proposta de reajuste salarial de  8,40%, que significa um aumento real de apenas 0,06% diante das perdas ocasionadas pela inflação do período que é de 8,34%. O Sindicato, auxiliado pela Confederação Nacional dos Trabalhadores nas Indústrias de Alimentação e Afins (CNTA Afins), apresentou proposta de reajuste mínimo no valor de 10% para todos os salários.

                No estado de greve o trabalho continua normalmente, mas a greve propriamente dita pode ocorrer a qualquer momento. A proposta também abrange um pedido de reajuste no piso da categoria.

          O sindicato não afasta a possibilidade de Greve Geral e os trabalhadores e trabalhadoras, permanecerão paralisados até que a empresa se sensibilize para satisfazer suas a reivindicações.

          A situação local é agravada pela realidade nacional, onde sob o pretexto de reagir ao "ajuste fiscal" do governo federal, os frigoríficos têm alegado falta de matéria-prima, e além de não negociar de maneira justa na data base, promovem demissões em massa e fechamentos de fábricas em todo o país.

   
       Estas ações são contestadas pela Confederação que já cobrou uma posição do governo, tendo em vista que grandes grupos do setor são beneficiários de empréstimos do Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico Social BNDES, e precisam devolver ao povo a contrapartida social dos mesmos.

                   No Rio Grande o Sul a Entidade seguirá denunciando a atitude monopolista da JBS e apoiando a resistência dos trabalhadores em Passo fundo.




quinta-feira, 20 de agosto de 2015

Posse de Diretoria


Tomou posse no último Sábado dia 15 de Agosto de 2015, à nova diretoria do Sindicato dos trabalhadores nas Industrias e Cooperativas da Alimentação de , Teutônia,Bom Retiro do Sul, Colinas, Imigrantes, e Fazenda Vila Nova


Em ambiente de festa mas também de reflexão, tomou posse a nova Direção do  Sindicato dos trabalhadores nas Industrias e Cooperativas da Alimentação de, Teutônia, Bom Retiro do Sul, Colinas, Imigrantes, e Fazenda Vila Nova, Cerimonia simples na presença dos familiares e funcionários da entidade, inicialmente foi composta uma mesa pelo atual presidente e reeleito para o próximo período o Sr    Pedro Mallmann, e o Sr Aírton giacomini  ex diretor do sindicato e Secretário da Agricultura do municio de Bom Retiro do Sul, e do Sr, Darci Pires da Rocha, secretario da Confederação dos Trabalhadores da Alimentação e Afins(CNTA) e também presidente da Federação dos Trabalhadores nas Industrias e cooperativas da Alimentação do Estado do Rio Grande do Sul FTICARS,  A seguir o presidente Pedro Mallmann, saudou os presentes e convidou a ficarem de pé para execução do Hino Nacional Brasileiro, Logo a seguir retomou à palavra onde chamou atenção de todos para o compromisso assumido de bem representar o sindicato, homenageou os companheiros que deixaram a diretoria e deu boas vinda aos novos integrantes e se emocionou ao lembrar de um de seus colaboradores que nos deixou recentemente ao qual prestou a sua homenagem dizendo que esta fazendo muita falta tanto como excelente funcionário que foi mas também como seu amigo leal, Airton Giacomini, fazendo uso da palavra homenageou os companheiros de Diretoria, que estiveram no sindicato nos mandatos anteriores  e que segue a frente da entidade, E ele por ter assumido uma outra frente não continuara na direção, mas reconhece o aprendizado que galgou no sindicato e que alçaram sua trajetória como Vereador e agora  também como secretario da Agricultura do Município de Bom Retiro do Sul, por último fez uso da Palavra o Sr Darci Rocha, que falou da importância da continuidade do trabalho realizado pelo Companheiro Pedro e seu pares destacou como positivo a reunião dos familiares e funcionários do sindicato em um momento muito importante na vida de todos, chamou atenção para as dificuldades a ser enfrentada devido o momento conjuntural que vive o nosso pais, e que os dirigentes sindicais tem lado sim, que é o de defender à democracia e também na  defesa intransigente dos direitos dos trabalhadores

Ao dar posse a nova Direção Darci Rocha. ao fazê-lo chamou atenção de que realmente quem tem o poder de dar posse é à categoria que votou para dar continuidade de um trabalho que já vem sendo feito e que aprovação unanime sem oposição demostra o seu acerto, portanto em nome desta categoria e do ramo da Alimentação do Rio Grade do Sul, declarou empossados, a seguir o presidente fez uso da palavra já na condição de empossado para o próximo período e convidou à todos para um jantar informal a ser servido imediatamente e também convidou a todos para festa de confraternização com a categoria a ser realizada em um baile no próximo dia 12 de setembro de 20015

segunda-feira, 17 de agosto de 2015

Força Tarefa

Interditadas atividades e máquinas no frigorífico Alibem, de Santa Rosa

Escrito em 14 Agosto 2015.
Fiscalização do MTE teve apoio do MPT e do movimento sindical
     Atividades e máquinas do frigorífico Alibem Alimentos S. A., no Município de Santa Rosa, foram interditadas, nesta sexta-feira (14/8), pelo Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), por caracterização do risco grave e iminente à integridade dos trabalhadores. A decisão é resultado da fiscalização de grupo de auditores-fiscais do Trabalho, realizada de terça a sexta-feira. A ação fiscal teve apoio do Ministério Público do Trabalho (MPT) e do movimento sindical. Para a retomada das atividades e sustação das interdições, a empresa deve proceder a correção das situações apontadas pela fiscalização do trabalho. A empresa conta com 1.639 empregados diretos.
     Na operação, foi procedida a interdição: a) atividades realizadas no posto de trabalho elevado, operação de insensibilização/choque elétrico (atordoamento) de suínos; b) atividades realizadas em plataforma metálica elevada, início do processo de evisceração; c) máquinas lavadoras/centrífugas rotativas nº 01, 02, 03, 04 e 05, sem identificação do fabricante; d) máquinas descoureadeiras Maja nº 1, 2, 3 e 4, sem identificação do fabricante; e) discos de corte e mesas rolantes nº 01, 02, 03, sem identificação do fabricante, setor de desossa; f) 02 (duas) serras-fita, setor de desossa; g) máquina de retirar mucosas, setor de triparia; h) máquina de abertura de toras (lascador de lenha), por cilindro hidráulica, fabricante MJB, área de caldeira; i) 02 (duas) prensas nº 1 e 2, hidráulicas de extração, setor de graxaria; j) máquina Cutter K-504, setor de salchicharia; k) 03 (três) lavadoras de roupa, setor de lavanderia; l) 02 (duas) centrífugas, sem identificação do fabricante, do mesmo setor; m) atividades da linha de desossa da paleta, do pernil e da mesa do filezinho do setor de desossa; n) atividades de movimentação manual de cargas do setor de congelamento, estocagem e carregamento, do setor de embalagem secundária, do setor da banha, da bancada da ponta de costela e osso (interfolhados) e do setor da caldeira.

     Participaram da operação os auditores-fiscais do Trabalho Fabiano Rizzo Carvalho, Mauro Muller, Ricardo Luís Brand, Luiz Alfredo Scienza, Humberto Marsiglia e Hermindo Brum Neto. Pelo MPT, estava a procuradora do Trabalho Fernanda Alitta Moreira da Costa. O movimento sindical doi representado pelo dirigente da Confederação Nacional dos Trabalhadores na Alimentação (CNTA), Marcos Antonio Rosse, e pelo presidente do Sindicato dos Trabalhadores nas Indútrias da Alimentação de Santa Rosa, ligado à Federação dos Trabalhadores nas Indústrias da Alimentação do Rio Grande do Sul (FTIA/RS), Rafael de Oliveira.
prt4.ascom@mpt.mp.br | facebook.com/MPTnoRS | twitter.com/mpt_rs

Força Tarefa



Interditadas atividades e máquinas no frigorífico Alibem, de Santa Rosa






Escrito em 14 Agosto 2015.
Fiscalização do MTE teve apoio do MPT e do movimento sindical
     Atividades e máquinas do frigorífico Alibem Alimentos S. A., no Município de Santa Rosa, foram interditadas, nesta sexta-feira (14/8), pelo Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), por caracterização do risco grave e iminente à integridade dos trabalhadores. A decisão é resultado da fiscalização de grupo de auditores-fiscais do Trabalho, realizada de terça a sexta-feira. A ação fiscal teve apoio do Ministério Público do Trabalho (MPT) e do movimento sindical. Para a retomada das atividades e sustação das interdições, a empresa deve proceder a correção das situações apontadas pela fiscalização do trabalho. A empresa conta com 1.639 empregados diretos.
     Na operação, foi procedida a interdição: a) atividades realizadas no posto de trabalho elevado, operação de insensibilização/choque elétrico (atordoamento) de suínos; b) atividades realizadas em plataforma metálica elevada, início do processo de evisceração; c) máquinas lavadoras/centrífugas rotativas nº 01, 02, 03, 04 e 05, sem identificação do fabricante; d) máquinas descoureadeiras Maja nº 1, 2, 3 e 4, sem identificação do fabricante; e) discos de corte e mesas rolantes nº 01, 02, 03, sem identificação do fabricante, setor de desossa; f) 02 (duas) serras-fita, setor de desossa; g) máquina de retirar mucosas, setor de triparia; h) máquina de abertura de toras (lascador de lenha), por cilindro hidráulica, fabricante MJB, área de caldeira; i) 02 (duas) prensas nº 1 e 2, hidráulicas de extração, setor de graxaria; j) máquina Cutter K-504, setor de salchicharia; k) 03 (três) lavadoras de roupa, setor de lavanderia; l) 02 (duas) centrífugas, sem identificação do fabricante, do mesmo setor; m) atividades da linha de desossa da paleta, do pernil e da mesa do filezinho do setor de desossa; n) atividades de movimentação manual de cargas do setor de congelamento, estocagem e carregamento, do setor de embalagem secundária, do setor da banha, da bancada da ponta de costela e osso (interfolhados) e do setor da caldeira.

     Participaram da operação os auditores-fiscais do Trabalho Fabiano Rizzo Carvalho, Mauro Muller, Ricardo Luís Brand, Luiz Alfredo Scienza, Humberto Marsiglia e Hermindo Brum Neto. Pelo MPT, estava a procuradora do Trabalho Fernanda Alitta Moreira da Costa. O movimento sindical doi representado pelo dirigente da Confederação Nacional dos Trabalhadores na Alimentação (CNTA), Marcos Antonio Rosse, e pelo presidente do Sindicato dos Trabalhadores nas Indútrias da Alimentação de Santa Rosa, ligado à Federação dos Trabalhadores nas Indústrias da Alimentação do Rio Grande do Sul (FTIA/RS), Rafael de Oliveira.
prt4.ascom@mpt.mp.br | facebook.com/MPTnoRS | twitter.com/mpt_rs

segunda-feira, 3 de agosto de 2015

NOVA FERRAMENTA DE LUTA: A FTICARS!!

A última sexta-feira, dia 31 de julho de 2015, entrou para a história do ramo da alimentação do estado com a fundação de uma importante ferramenta de lutas, que irá atuar na defesa dos direitos dos trabalhadores do ramo da alimentação: a Federação dos Trabalhadores nas Indústrias e Cooperativas da Alimentação do Rio Grande do Sul - FTICARS.

Composição da mesa da assembleia.

Votação

Em assembleia realizada no Sindicato da Panificação de Porto Alegre, com a presença de sindicatos da alimentação de diversos municípios do estado, a presença do Sr. Artur Bueno de Camargo, presidente da Confederação Nacional dos Trabalhadores nas Indústrias da Alimentação e Afins - CNTA, além de representantes de diversas centrais sindicais, assessorias jurídicas e demais militantes sociais e sindicais também foi empossada a nova direção da federação.



A nova diretoria, que traz na sua essência os dirigentes sindicais que atuam há muitos anos articulados organicamente à Sala de Apoio da CNTA Sul, através da qual organizaram vários projetos, tais como o Projeto Teias sobre condições de trabalho nos frigoríficos de carne do estado, e implementaram campanhas salariais obtendo conquistas importantes para os(as) trabalhadores(as).

Nova direção da FTICARS

 "A federação irá potencializar ainda mais a luta da classe trabalhadora como um todo, pois na atual conjuntura que estamos atravessando, de ataques aos direitos dos(as) trabalhadores(as), a existência de uma nova ferramenta fortalece a disputa da hegemonia para a construção de uma sociedade com justiça social, garantia plena de direitos para todos(as) e, principalmente, fortalece a organização dos trabalhadores(as) da alimentação no país, pois já surge vinculada à uma confederação histórica do ramo, que é a CNTA.", afirmou Darci Pires da Rocha, presidente eleito da FTICARS.   

Darci Pires da Rocha, presidente da FTICARS

 Os representantes das centrais e demais intervenções, reforçaram a importância deste ato, posto a história de coerência, de combatividade e de ética que este grupo fundante da federação sempre manteve ao longo de sua trajetória sindical. 

Artur Bueno de Camargo, presidente da CNTA

 Sr. Artur Bueno de Camargo, presidente da CNTA, afirmou "que esta  federação vem num momento importante para consolidar o trabalho de um conjunto de sindicatos que já desenvolvem um projeto político coletivo em consonância com os princípios da confederação e que vêm, desde o início de sua articulação, construindo ações que impulsionaram a luta dos(as) trabalhadores(as) da alimentação, não só aqui no Rio Grande do Sul mas contribuindo com a luta em outros estados do país."

Por: Daniela Soares
Sala de Apoio da CNTA Sul

quinta-feira, 30 de julho de 2015

TRANCAÇO EM CAMAQUÃ

Trabalhadores do ramo da alimentação realizam uma grande mobilização na empresa Camil na sua unidade de Camaquã que reuniu vários sindicatos de trabalhadores de diversas categorias, tais como: bancários, metalúrgicos e professores estaduais.

A mobilização serviu para demonstrar a força da organização dos trabalhadores do setor do arroz e também fortalecer a mobilização de todas as categorias que estão em processo de negociação salarial demonstrando a importância da unidade dos trabalhadores(as).





STIA BAGÉ SOLICITA AO MTE REALIZAÇÃO DE FORÇA TAREFA

STIA/Bagé irá solicitar ao Ministério do Trabalho realização de força-tarefa em padarias, engenhos, indústrias de laticínios e pequenos frigoriíficos


http://www.stiabage.blogspot.com.br/2015/07/stiabage-ira-solicitar-ao-ministerio-do.html





  A diretoria do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias de Alimentação de Bagé e Região esteve reunida na noite deste dia 27 para deliberar sobre os temas de interesse das categorias abrangidas pela entidade. Participaram do encontro também o coordenador da Confederação Nacional dos Trabalhadores na Alimentação e Afins (CNTA) para o Rio Grande do Sul, Darci Rocha, e o responsável pelo Departamento Jurídico do STIA/Bagé, Álvaro Meira. Uma das pautas foi a situação dos dissídios envolvendo os setores de padarias, engenhos, laticínios e pequenos frigoríficos. O sindicato decidiu que irá solicitar a realização de uma força-tarefa junto ao Ministério do Trabalho para inspecionar as empresas devido ao número de trabalhadores que se afastam por doenças relacionadas ao ambiente de trabalho. Em maio de 2015 uma força-tarefa composta pelo MTE e Ministério Público do Trabalho, com apoio da CNTA e sindicatos de trabalhadores nas indústrias de alimentação resultou na interdição da planta frigorífica do Marfrig em Bagé.
      A situação se arrasta sem resolução desde 2014 - o sindicato ajuizou o dissídio junto ao Tribunal Regional do Trabalho em Porto Alegre. Até o momento, a decisão ainda não ocorreu. a campanha salarial 2015/2016 não apresenta evolução, o que angustia os trabalhadores. Mas o principal motivo da solicitação de uma nova força-tarefa, agora para padarias, engenhos, indústria de laticínios e pequenos frigoríficos, é o crescimento de casos de afastamento de trabalhadores. Conforme a diretoria do sindicato, até registro de mortes ocorreram. "Não podemos é deixar sob risco qualquer situação que envolva a segurança e saúde dos trabalhadores", ressalta Rocha.
      "Queremos que essa força-tarefa seja composta este ano, tendo em vista o número de trabalhadores que têm procurado o sindicato e relatado uma série de problemas relativos a doenças ocupacionais", frisa o presidente do STIA/Bagé, Luiz Carlos Cabral.

quarta-feira, 29 de julho de 2015

BRF DE LAJEADO (RS) É CONDENADA POR TERCEIRIZAR ABATE HALAL

POR VENILSON FERREIRA


O Ministério Público do Trabalho (MPT) em Santa Cruz do Sul obteve a condenação da Brasil Foods (BRF) em ação civil pública (ACP) movida por conta de “terceirização ilícita do abate halal” na planta de Lajeado, interior do Rio Grande do Sul. Segundo o MTP/RS, a BRF deverá rescindir os contratos de terceirização de atividades-fim, especialmente os relativos a abate de frangos.
De acordo com a decisão, a BRF terá que contratar diretamente os trabalhadores, sob pena de multa diária de R$ 1 mil, multiplicada pelo número de trabalhadores em situação irregular. A multa incide após 90 dias do trânsito em julgado da sentença. A decisão vale para todas as unidades da BRF no Estado, que ainda deve ainda pagar indenização, a título de danos morais coletivos, de R$ 500 mil.
O MPT/RS explica que o inquérito civil iniciado a partir de denúncia do Ministério do Trabalho e  Emprego (MTE), constatou a terceirização ilícita das atividades do abate halal, realizado dentro das prescrições da religião islâmica, é requisito para venda de carne a países do Oriente Médio.

quinta-feira, 16 de julho de 2015

CNTA ELEGE NOVA DIREÇÃO

Parabéns para a nova diretoria eleita da CNTA Afins, que iniciará sua gestão a partir da eleição ocorrida hoje em São Paulo/SP. Fazem parte desta nova gestão dois companheiros da CNTA Sul, Darci Rocha e Marcos Rosse , respectivamente dos Sindicatos da Alimentação de Pelotas e Alegrete.
Estamos enfrentando um período muito complexo na luta de classes o que requer que estejamos organizados e ocupando nossos espaços dentro das ferramentas de luta em favor da classe trabalhadora.
Desejamos, em nome do ramo da alimentação do Rio Grande do Sul, ao Sr. Artur Bueno e demais membros da diretoria, uma excelente gestão e grande empenho na luta pelos direitos dos(as) trabalhadores(as).
Sucesso à nova direção!!!

terça-feira, 14 de julho de 2015

GOVERNO GAÚCHO ATACA DIREITO DOS(AS) TRABALHADORES(AS)



A Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul vota na tarde desta terça-feira, dia 14/07/15, o projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias apresentado pelo Governo Sartori que propõe o congelamento de salários dos servidores estaduais e faz o ajuste econômico baseado apenas na lógica de retirar direitos dos trabalhadores.

Após várias tentativas de não pagamento de salários do funcionalismo, que foi impedido pelo STF, agora o governo tenta uma nova tática, alegando não ter recursos para pagar as despesas do Estado.

Mais uma vez quem vai pagar a conta são os empobrecidos, inclusive os do ramo da alimentação, que usufruem dos serviços públicos e, quando este é comprometido pela falta de repasse de verbas, compromete o bem-viver, principalmente, da classe trabalhadora.

Se é fato que há uma crise financeira no Estado como é possível que o mesmo que alega não ter recursos para repassar à saúde, educação, segurança, paga mensalmente ao poder judiciário valores astronômicos de auxílio moradia e auxílio alimentação retroativo aos últimos 5 anos para os juízes e promotores públicos?

Se é fato que há uma crise como é possível que, ainda neste ano, os deputados tenham tido um reajuste salarial, o que causa um efeito cascata no poder legislativo?

Como há recursos para uns e não há para outros?

Por que não se fala em acabar com as isenções para grandes empresas? Por que não se adota medidas fiscais que obriguem os mais ricos a pagar a conta?
Mais uma vez a conta da crise é jogada sobre os trabalhadores que veem as escolas públicas em que seus filhos estudam com estruturas comprometidas, os hospitais e postos de saúde sem medicação, sem funcionários valorizados e sem segurança pública.

Mais do que nunca os(as) trabalhadores(as) devem se unificar para defender um serviço público de qualidade, defender a valorização do servidor público e assim garantir o acesso de todos(as), principalmente os mais empobrecidos a boas condições de vida.

quinta-feira, 9 de julho de 2015

NOVA RODADA DE NEGOCIAÇÃO DA ALIMENTAÇÃO GERAL

Manhã de intensa atividade devido a reunião de Negociação da Alimentação Geral  na Sala de Apoio da CNTA Sul.

Estiveram reunidos os sindicatos do ramo da alimentação do Rio Grande do Sul e embora a reunião tenha sido de muito diálogo uma nova rodada foi marcada para que se possa qualificar os índices apresentados até o momento.



Segundo avaliação dos presentes a reunião foi muito positiva, mas ainda não dá conta das reivindicações da categoria, daí a necessidade de uma nova rodada.

Por: Daniela Soares

quarta-feira, 1 de julho de 2015

NEGOCIAÇÃO COM JBS NÃO AVANÇA


Na tarde de hoje os representantes do sindicatos da alimentação de Estrela e Passo Fundo, além do coordenador da Sala de Apoio da CNTA Sul, Darci Rocha, estiveram reunidos com o negociador da JBS, Olavio Lepper, para mais uma rodada de negociação.





Em uma longa reunião onde a empresa não apresentou uma proposta que se aproximasse das reivindicações dos trabalhadores. Frente a impossibilidade de avanço a reunião terminou sem consenso.

Durante a reunião Darci Rocha ponderou que "o setor avícola não pode falar em crise, pois é um dos setores que mais tem lucrado nos últimos anos. Foi amplamente divulgado pela imprensa a compra de uma planta da Marfrig pela JBS, que intenta uma expansão de mercado na europa. Não serão os trabalhadores gaúchos que irão financiar com seu suor a estratégia de ampliação de mercado mundial da JBS Portanto, os trabalhadores aguardam que a empresa demonstre, através de uma proposta melhor mais qualificada."

Após o término da reunião os trabalhadores se reuniram para organizar formas de enfrentar os desafios que estão apontados para o setor avícola a fim de garantir a conquista de suas reivindicações.

Por: Daniela Soares